COMPRE ONLINE

Chá de bebê: guia completo para organizar o seu!

Este momento tão especial não poderia passar em branco, por isso nós vamos trazer algumas dicas sobre o chá de bebê, as tradições, brincadeiras, presentes, um guia completo para que a festa seja inesquecível, tanto para a futura mamãe quanto para suas convidadas.

A reunião é tradicionalmente organizada entre o sexto e o oitavo mês de gestação, e teve sua origem na Índia antiga, onde as pessoas costumavam fazer orações para trazer energia positiva, desejando que tudo desse certo na hora do parto.

O ritual chegou aos Estados Unidos e à várias partes do mundo como no Brasil, onde o tabu de se realizar o chá de bebê somente para o primeiro filho foi quebrado. Atualmente toda gravidez é comemorada com a festa entre amigos, amigas, familiares e até mesmo colegas de trabalho.

Chá de bebê - Clikbaby

Listaremos aqui todo o processo desde a decoração, passando pelo que servir, convites e convidados, local para realizar o chá de bebê, e os presentes que podem ser pedidos. Geralmente as mulheres aguardam o ‘aparecimento’ da barriguinha para comemorar, mas esse evento pode acontecer quando a futura mamãe bem entender, até mesmo no quinto mês da gestação, ou então logo após a descoberta do sexo do bebê.

Antes de organizar a ‘bagunça’, é bom começar pela lista de presentes, definindo quais devem ser pedidos, as cores das roupinhas e das peças. Esse procedimento vai impedir que, lá na frente, trocas e devoluções sejam feitas, causando certa frustração para ambos os lados. Pense nas fraldas, chupetas, mamadeiras e kits de higiene para a criança, mas evite pedir um grande número de peças para um determinado período de vida.

Os bebês têm se desenvolvido rapidamente nos primeiros meses, o que sugere que você coloque em sua lista presentes também do tamanho M. Quanto aos sabonetinhos, pomadas e xampus, estes devem ser hipoalergênicos e livres de perfumes e corantes em suas composições, para que não afete a saúde do pequeno ou da pequena que está a caminho.

Considere outros itens como  bodys, travesseiro, mantas, babador, tocas e pantufas.

Em determinado momento, uma pergunta pode vir à sua cabeça: Vale a pena fazer chá de bebê? Claro que sim! Pense nas facilidades e no carinho das pessoas que virão presenteá-la com várias coisas que você teria de comprar.

Pense na confraternização, nas brincadeiras, nas dezenas de fotos do barrigão, pense em estreitar os laços com as amigas, revendo familiares e até mesmo aproveitando para receber casais de amigos de seu marido. O bacana disso tudo é ver a casa cheia de alegria, refrescar a mente um pouco das ‘paranóias’ e preocupações da gravidez.

Muitas mulheres preferem que esta ocasião seja somente para convidadas, mas por outro lado, ter o maridão por perto para ajudar a abrir os presentes é muito emocionante. Fica a seu critério, mamãe!

Vamos agora pensar em um local adequado para fazer este chá de bebê ser um sucesso. Como de costume, as reuniões são feitas na casa da gestante ou no salão de festas do prédio onde ela reside. Mas podemos sugerir outros lugares como os espaços reservados de restaurantes e bares, casas de campo e fazendas dos padrinhos da criança, ou nos diversos buffets infantis espalhados pela sua cidade. Evidente que estes planejamentos, há toda uma preocupação a mais em deslocamento, como levar e montar a decoração nestes locais, ou ainda solicitar aos bares e restaurantes um orçamento para eles sirvam os convidados.

Se optarem por fazer em casa ou no salão de festas mesmo, atentem para alguns detalhes como: duração da festinha, horário de início, se algum convidado da lista vai levar outras crianças, e já comece a cuidar do cardápio.

As iguarias que mais conquistam são: sanduíches de sabores variados, torradinhas com patês de frango, requejião e atum, bolinhos de caneca e sorvetes. As bebidas mais aceitas são os chás, sucos e águas aromatizadas.

 

Baixe nosso e-book gestação mês a mês

Convites caprichados também completam o clima de alegria da comemoração. A forma mais utilizada tem sido através de sites, blogs ou Redes Sociais na Internet. Os convites virtuais possuem imagens já produzidas e opções de textos que a mamãe anfitriã poderá escolher. Depois é só colocar o nome do bebê, dia e hora do evento, criar o convite e já enviá-lo para seus convidados através de seu e-mail ou Facebook.

Já comece a pensar também na decoração e nas brincadeiras do seu chá de bebê, afinal você está grávida e vai compartilhar este momento da melhor forma, tudo tem que ser perfeito e com muita harmonia. Quer ser original? Claro, você deve! Use a imaginação, a criatividade e faça algo inovador neste evento. Que tal fazer biscoitinhos em formato de botões? Registrar os primeiros passos do seu bebê antes mesmo dele chegar ao mundo, com um livro de bordo onde todos os convidados podem assinar e deixar mensagens de boas vindas.

Faça um enfeite bem bonito e coloque na porta para receber as pessoas, crie plaquinhas com mensagens de humor para mostrar nas fotos e vídeos, tudo isso sem contar a parte recreativa.

Há várias brincadeiras que podem ser feitas para descontrair o ambiente e comemorar a chegada do bebê, além de incentivar e ‘treinar’ as convidadas para uma futura gravidez.

[info_box title=”As mais engraçadas são:”]

  • Descobrir o sabor da papinha: compre vários potes de papinhas, retire os rótulos e faça com que cinco convidadas tentem adivinhar quais os ingredientes ao provarem das misturas.
  • Jogo da adivinhação: aos receber os presentes, a gestante tem de acertar quais são, o que tem dentro dos embrulhos.
  • • Troca de fraldas mais rápida: em uma boneca, as convidadas disputam qual delas é a mais eficiente na hora de trocar as fraldas, passar pomada e talco.

[/info_box]

As prendas mais conhecidas a serem pagas são: cantar uma música no karaokê, contar uma piada e imitar personagens de desenho animado ou de novelas.

Gostou do nosso guia? Com esse montão de dicas, você tem tudo para transformar seu chá de bebê em algo inesquecível. Parabéns e boas comemorações!

Sem comentários

Publicar um comentário